Volte Sempre! ;)

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

HERPES... JÁ IMAGINAVA


Pois é, assim como é certo todo mês vir as "regras" *rs, também é certo para mim, pelo menos duas vezes por ano a Herpes.

Digo que já sofri mais, quando não conhecia a doença, ela estourava e arrgggh, deixava uma crosta na minha boca. Hoje em dia não passo nada, nenhum remédio ou pomada.

No primeiro dia, sinto uma leve coceirinha e ardência, com um leve inchaço também. No dia seguinte (que é hoje), já dá para ver as bolhinhas, e eu sinto que tenho boca, o lábio inferior fica meio pesado, sabe? Não? Sorte sua!

Amanhã estará um pouquinho pior, se eu esquecer, vou passar a toalha depois de escovar os dentes e as bolhinhas vão estourar e vai arder muito, vou ter que limpar muito bem para não espalhar e ficar horrenda. O que eu faço? Evito encostar qualquer coisa ali, para que as bolhinhas vão secando lentamente, até estoura, mas sai bem pouco líquido, o que deixa uma marquinha que qualquer bom batom esconde.

Mas é ruim, não pode beijar, não pode tomar laranjada, limão então...! E com esse frio, boca ressecada, passar a língua nem pensar!

Vocês conhecem a herpes? Apresento-lhes

Sintomas: O herpes labial é uma infecção vírica crónica caracterizada por vesículas (pequenas bolhas) dolorosas cheias de líquido em torno dos lábios, nariz e queixo. (no meu caso, Graças a Deus, só nos lábios)

Causas: O herpes labial é causado por um vírus conhecido como Vírus Herpes Simplex de tipo 1 ou HSV-1. O Vírus Herpes Simplex de tipo 1 não deverá ser confundido com o Vírus Herpes Simplex de tipo 2, o qual afecta maioritariamente os órgãos genitais. (Graças a Deus o meu é tipo 1)

É impossível eliminar o vírus por completo. (e eu não sei?). As manifestações do HSV-1 alternam com os períodos em que o vírus permanece latente (adormecido) nas células nervosas. Não se sabe exactamente qual a causa de uma manifestação do HSV-1, mas pensa-se que determinados factores desencadeadores poderão estar na base dos episódios de herpes labial. Quando tal sucede, o vírus percorre o nervo até à superfície da pele, onde tenta replicar-se no núcleo das células. Em muitas pessoas, não surgem quaisquer sintomas, embora as células estejam infectadas. No entanto, nalguns casos, o processo de replicação do vírus destrói as células e causa pequenas bolhas ou vesículas na pele. Após a formação do herpes, o vírus regressa ao corpo. (Mardito, né?)

Não estou sozinha: Estudos realizados demonstram que 80% da população é portadora do HSV-1. Por outro lado, quase 90% dos indivíduos maiores de 30 são portadores do vírus. 20% dos infectados sofre episódios regulares de herpes labial*. Pensa-se que o HSV-1 é contraído sobretudo durante a infância. Uma vez infectada, uma pessoa pode sofrer de episódios regulares de herpes labial durante o resto da vida. (preciso tomar cuidado com o Lorenzo!)

O vírus HSV-1 é muito contagioso. Costuma propagar-se por meio do contacto físico, tal como abraços e beijos, mas também pode transmitir-se através da partilha de bebidas, por exemplo. O vírus transmite-se desde a fase inicial do herpes, em que sente ardor e prurido, até à fase da cicatrização, quando a crosta desaparece. O vírus pode transmitir-se através de uma pessoa infectada, mesmo que ela não apresente os sintomas. Embora o HSV-1 tenda a atacar os lábios, nariz ou queixo, pode ser transmitido a outras partes do corpo, incluindo os olhos, os dedos e os órgãos genitais. (uau! isso eu não sabia, realmente muito cuidado com o Lorenzo)

O que provoca a herpes:

Exposição ao sol (muito raro comigo), Stress (muito frequente, dessa vez foi por causa de domingo que me stressei muito, muito mesmo!), Temperaturas baixas (Sim!), Febre (já aconteceu!), Constipação/Gripe (não), Fadiga (domingo eu estava também fadigada, a ponto de chorar de canseira), Alterações Hormonais (sabe que durante a gravidez do Lorenzo, foi o mais longo período que fiquei sem herpes!), Menstruação (não, só faltava essa!)

Bem, essas coisas, foram ótimas para mim, pois tinham coisas que eu não sabia. Mas tenho que dar Graças, porque têm episódios de herpes, muito pior que o meu. Dói? Muito! Mas não fica horrivelmente horrível!

Proxima
« Anterior
Anterior
Próximo Post »
8 Comentario
avatar

Ah!! Espero que passe logo e que vc fique boazinha!!! Bj, cuide-se e nada de stress tá!!!

Balas
avatar

Ah!! Espero que passe logo e que vc fique boazinha!!! Bj, cuide-se e nada de stress tá!!!

Balas
avatar

Poxa que chato hein?


Espero que sare logo...

Eu tbm tenho herpes, mas ela raramente se manifesta, a última vez foi quando estava prestes a fazer o vestibular, há 3 anos atrás...
;*

Balas
avatar

Ai que ruim...nunca tive..
Mas tive estomatite que é o "ó" tb...
melhoras!

Balas
avatar

Uma colega minha de turma tem...estudamos a uns 3 anos atrás...se não me engano....ela passava violeta genciana nas bolhinhas....vc tbm usa?
Bjossssssss e melhoras viu?

Balas
avatar

Q ruim, graças a deus nunca tive.

Espero que sare logo!

Bjocas

Balas
avatar

Bah eu recem to me sarando da minha (TERRÍVEL), tbm tenho uma vez ao ano(imunidade baixa do frio) :S mas nada que um baton não salve (tirando o namo)
O negócio é não futrica (coisa que eu fiz) :X

Bjão e melhoras!

Balas
avatar

Olá, eu também tenho herpes labial e gostaria de saber quais produtos usar para limpeza e para que as bolinhas sequem logo, vc indica violeta genciana? (e-mail: nahara.julyana@hotmail.com)

Balas

Oi!!! Obrigada pela sua visita! Não esqueça de se inscrever por e-mail aí embaixo para receber as respostas!! Adoraria que você deixasse um comentário sobre o post! Caso seja alguma pergunta, deixe seu e-mail para contato! Beijokas!!!