Volte Sempre! ;)

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

CALCINHA PERGUNTA: QUAL FOI O SEU MELHOR?

Já "pulei" carnaval de várias formas.

Nos primórdios, ainda criança, ía em matinês nos clubes da cidade, ou então, me aventurava junto com meus pais, de pegar estrada lotada para o litoral.

Depois, crescidinha, era liberada pelos meus pais em ir no baile de noite no clube da cidade, onde tomava meus primeiros goles de cerveja.

Já fui para Paraisópolis com primos e amigos onde alugamos uma casa sobrado, onde o piso da cozinha estava caindo literalmente e dava pra ver o porão. (Depois descobrimos que assim que saímos de lá, demoliram a casa!)

Já fui pra Bananal, do nada, encontrar com meus pais, de ônibus com dois amigos.

Já fui pra Bananal, com a Valesca, ficamos em um hotel imenso e velho, onde 99% das pessoas que o habitavam, eram pré-adultos universitários querendo realmente curtir o carnaval no sentido mais promíscuo da palavra.. kkk

E depois o Lorenzo nasceu.

Então pulei carnaval em Monteiro Lobato, e o Lorenzo ganhou no primeiro dia um troféu de melhor fantasia e no segundo medalha de vice (porque acharam chato dar 2 troféus pra ele!). Lembro que fiz uma campanha danada e levei vários cartazes pra distribuir pro povo!

Por fim, dividi esse último carnaval entre SESC e Monteiro Lobato, indo uma noite no baile do clube com meu marido, que, enquanto eu pulava feito doida, ele ficava sentado.

Esse ano, o destino é o mesmo. Sesc, e talvez Monteiro. 

Mas desses todos, qual foi o melhor? Falo que é difícil dizer, cada época foi uma época, uma cabeça. Digo que quando criança, o melhor foi o da cerveja. No pré adulta, foi em Bananal com a Valesca. E hoje em dia, foi em Monteiro Lobato, que o Lorenzo foi "o príncipe"!

Agora pergunto minha gente, qual foi o seu melhor Carnaval, ou então, qual o Carnaval inesquecível?


Clique AQUI faça uma pesquisa de preços e ajude o Calcinha crescer cada vez mais!!!

Aperte o botãozinho de Retweet!!!

Proxima
« Anterior
Anterior
Próximo Post »
4 Comentario
avatar

o meu foi definitivamente um que fui para Diamantina com uns amigos, só para vc ter uma idéia, eu fraturei 02 dedos do pé e não lembrava como rssss, passei o resto dos dias com o pé roxo e inchado, mas mais feliz que pinto no lixo kkkk, foi muito divertido!! beijocas

Balas
avatar

No guarujá, adolescente, paquerando deus e o mundo(se meu marido passar aqui, vc deleta tá rs?)
Ana querida, vou viajar pra casa de mamis nesse carnaval, peninha, senão ia levar os meninos pra pular contigo e seu menino. Já te disse, qualquer hora vou passar te dar um oi. beijos e bom carnaval
Cynthia

Balas
avatar

Aqui o se7e/5 vai oferecer-lhe um comentário útil e não essa merdice de favor que essa gentinha espalha por aí. Será que você merece? É uma dúvida fodida, mas, aqui o se7e/5 vai mudar seu pensamento, vai ativar seu cérebro. Se não sentir qualquer mudança, é porque seus últimos neurônios já eram.
Muito lindinho, mas inconsequente. Sem aquela profundidade útil. Apenas mais do mesmo. Aqui o se7e/5, vai mais longe, pretende espicaçar vossos neurônios preguiçosos. Aqui o se7e/5, vai mais longe, pretende espicaçar vossos neurônios preguiçosos. Abrir vossa fé de alto abaixo. Obrigar-vos a revelar o que de muito útil existe em você, caro lindão. A lindona também não é de deitar fora; muito lindinha mesmo. Bem, mas vamos ao que interessa:

“A cultura é uma merda cansativa. Ter de saber tudo ou, pelo menos, mais do que os outros, não deixar cair a “pena”, manter a noção do texto corrigido antes de o escrever. Estar permanente sóbrio num estado de embriaguez, quando apetece vomitar sobre os intelectuais de novela da hora nobre. E em nós também. Por que não suportar propostas políticas aliciantes, intelectuais e corrupção?
Ao serviço do poder, do partido, dos lados ou das cores; qualquer desculpa serve o propósito. E a cultura é apátrida! E conservar a imagem de personalidade do ano, como tias “estafermadas” sem corpo, sem neurônios, sem vergonha na plástica e a cultura que se foda! Estes intelectuais transpiram diferença e indiferença, inspiram o oxigênio do euros, dólares e reais e a expiração tem o curto prazo de um governo eleito. Sem tempo para respirar, porque a cultura é asfixiante , porque ler um livro não basta, nem milhões de livros garantem uma cultura de se lhe tirar o chapéu. Uma chapelada. Não há tempo para respirar cultura! Apenas se aguarda uma cajadada no lombo porque o pastor se aproxima para escolher uma ovelha ranhosa para o sacrifício. As ovelhas ranhosas são perigosas, tal como as ovelhas brancas em rebanhos de ovelhas negras. As negras também se abatem mas, antes da prática carniceira, são discriminadas.
Não há ovelhas negras em governos Brasileiros. Talvez haja. Jogados a um canto escuro a coberto da noite, onde permanecem até a aparição servir uma conveniência branca. Tal como qualquer outro rebanho. Tal como as tias e descrentes que se movem em espaços virtuais, pastando como ovelhas negras, frequentando círculos próprios onde se isolam em divagações de alta sociedade, cuspindo disparates que os fazem dormir mal e acordar pior.
A cultura do sec.XXI é uma mescla de economia global, política dominante e apropriação intelectual ao serviço da proliferação da miséria e sofrimento, como factores de revitalização permanente dos esgotamentos evolutivos periódicos. Correr sem sair do lugar. O conhecimento corrompido, a cultura de almanaque, jornal desportivo e leitura alcoviteira do jet-set, remete para o conhecimento desenraizado do progresso democrático sob a égide de um Estado de Direito, mas sem qualquer ética como regra.
O fantoche intelectual é uma realidade que descansa na palma da mão e se equilibra no dedo acusador dos oportunistas sem escrúpulos, os poderosos, com objectivos de domínio global. A força dos dedos médios em riste, firmes. São estes fantoches que anestesiam e embalam as massas, mantendo-as desfocadas da realidade. Quando a dor se revela, esses intelectuais “blogosferam-se”; fogem para a lixeira inconsequente dos desabafos indignos.”

Isto é a BLOGOSFERA, na qual todos vós chafurdais, como porcos num chiqueiro. Se aqui o se7e/5 estiver errado, provem!

Balas
avatar

Puxa Roberta, fraturou os dedos e não percebeu? Imagino!!

Hahaha Cynthia pode deixar que deleto! ;)

Balas

Oi!!! Obrigada pela sua visita! Não esqueça de se inscrever por e-mail aí embaixo para receber as respostas!! Adoraria que você deixasse um comentário sobre o post! Caso seja alguma pergunta, deixe seu e-mail para contato! Beijokas!!!